Selvagem foi gravado, mixado e masterizado entre abril de 2015 e abril de 2016 no Gerador de Perguntas do Bairro Peixoto, no Rio de Janeiro, pelo Martin Scian. Todas as guitarras são de Pedro Sá e as vozes são de Mariano Marovatto. O disco conta com a participação especial de Ami Yamasaki que gravou sua voz nas faixas 6 e 7 em Toyohira, Sapporo, na ilha de Hokkaido, no Japão. A arte foi feita por Tomás Cunha Ferreira, em Lisboa, as fotos por Rodrigo Alcon Quintanilha, em Paquetá, e o design foi feito por Philippe Leon, em Santa Teresa, também no Rio de Janeiro. Todas as faixas de Selvagem foram editadas pela Embolacha.

"Não daria para supor que Marovatto chegasse a um disco tão radical em seu despojamento feito Selvagem."

Jornal do Commercio

"L’andamento del brano è vagamente ipnotico, sebbene energico e più denso."

Blogfoolk

"Profundo como o haicai."

O Globo

"Die acht Miniaturen verströmen die Stille und den schweren Atem des Hinterlandes mit seinen ausgetrockneten Böden und misstrauischen Viehhirten."

Folker